“Se hoje fosse seu último dia
E amanhã fosse tarde demais
Você poderia dizer adeus para o ontem?
Você viveria cada momento como se fosse o último?
Deixaria velhas fotos no passado?
Doaria cada centavo que você tem?
Ligaria para aqueles amigos que você nunca vê?
Lembraria-se de velhas memórias?
Perdoaria seus inimigos?
Encontraria aquela pessoa com a qual você sonha?
Jurando “de pés juntos” ao Deus lá de cima
Que você finalmente vai se apaixonar?
Se hoje fosse seu último dia
Você faria o certo curando um coração partido?
Você sabe que nunca é tarde demais
Para almejar as estrelas
Independentemente de quem você é
Então faça o que for preciso
Porque você não pode retroceder
Um momento nesta vida
Não deixe nada atrapalhar o seu caminho”
Nickelback.         
Sem saber no que ia dar, eu me aproximei de você. Sem medo, sem planos, sem nada. E olha, depois de tudo, me aproximar de você foi uma das melhores coisas que eu já fiz na minha vida.”
Obviously, I love you.     
“Será que quando você se deita e fecha os olhos…você pensa em mim?”
Claro que não.          
“Vim te encontrar, te dizer que eu sinto muito. Você não sabe quão adorável você é. Eu tive que encontrar você, te dizer que preciso de você… E te dizer que eu te deixei de lado. Me conte seus segredos? Me pergunte suas dúvidas? Vamos voltar para o começo?”
Coldplay.         
“Você não perguntou como foi o meu dia, mas eu queria te contar mesmo assim. Não foi tão diferente dos outros dias, é verdade. Sei que não sou uma pessoa muito interessante, que sempre vai ter assunto em cima de assunto. Sou meio rotineiro, sem graça, mal feito. Eu sei. Mas em meio as pessoas vazias que encontrei hoje, percebi que eu, eu estava cheio de você. Não um cheio da forma estúpida da coisa, era um cheio de vontade, desejo, saudade. Umas três vezes eu quis estar com você. Tudo bem, foram umas cinco. Eu disse que não gostava daquele seu cantor favorito, mas me peguei ouvindo uma musica, só para lembrar de você, só para te trazer pra perto. Porque, você sabe, que estava longe. De mim, do meu cheiro, de nós. Segui em frente, continuei meus afazeres diários, minhas sentenças da vida. Vi um casal na rua, enquanto voltava pra casa, um deles falava: Você não tem medo de nada? E o outro respondeu: Tenho, de cobras. Eu não me contive, e respondi também, na minha mente, pensando em você: Tenho, de te perder. Cheguei no meu quarto, e não te vi na minha cama, já era esperado, sonhos são sonhos. Que eu sempre tenho esperanças de se realizar. Quis te buscar, quis te ter, quis chorar, quis você. Mas você sabe, era só mais um dia qualquer, como os demais. Você não perguntou como foi o meu dia, mas eu quis te contar mesmo assim.”
Allax Garcia.